Histórico – BCAD

O Grupo Bailarinos de Cristo, Amor e Doações – BCAD é uma associação sem fins lucrativos de direito privado, fundado em 1994 no município de Fortaleza – Ceará, pela Professora e Coreógrafa Janne Ruth com o apoio de alguns bailarinos da sua Cia. de Dança.

O Grupo BCAD é destinado á prestação de serviços gratuitos as comunidades que assistem em caráter permanente e sem qualquer tipo de discriminação, bem como proporcionar e realizar espetáculos, festivais e mostras de dança e teatro que beneficiem todo território nacional e, ou, Internacional e tem por objetivos e finalidades;

* – Proporcionar Educação, Arte e Cultura, através da Dança, Teatro e as varias manifestações culturais, bem como o esporte em suas diversas modalidades, ás comunidades carentes e lugares de pouco acesso aos seguimentos descritos à cima no município de Fortaleza, no estado do ceará, em todo território Nacional e no Exterior;
* – Resgatar a cidadania de crianças, adolescentes e jovens sem oportunidades que se encontra em situação de risco ou vulnerabilidade social;
* – Desenvolver programas de ensino para a realização de laboratórios e concepções coreográficas, Espetáculos, Mostras e Festivais de Dança com as crianças, adolescentes e jovens das comunidades beneficiadas, nos municípios cearenses, estados brasileiros e no Exterior e prestar, no âmbito de suas finalidades, colaboração, assistência e orientação às famílias participantes dos programas desenvolvidos;
* – Articula-se com instituições nacionais e estrangeiras com o objetivo de ampliar e aprimorar suas atividades;
* – Organizar atividades e palestras sobre assuntos de interesse das comunidades; Formar Professores, Monitores,

Produtores, Coreógrafos, Orientadores e Bailarinos e ainda atuar na Qualificação Técnica e Profissional de jovens e adultos.
O Grupo BCAD atua ainda na promoção de eventos e formação acadêmica de artistas e monitores de artes, desde 2001 é responsável pelo Fórum Estadual de Dança do Ceará fundado em 1988 no Teatro José de Alencar, em Fortaleza/Ceará, a Presidente e idealizadora da ONG BCAD Professora Janne Ruth, fundou em 2000 o Festival Nacional de Dança de Fortaleza e Itinerante do Ceará, Fendafor, hoje denominado Festival Internacional em sua 11ª. Edição, o Grupo BCAD realiza o evento desde 2007, inclusive lançou no ano de 2010 o Livro Memorial Fendafor 10 anos.

O Grupo BCAD enquanto entidade surgiu como resultado do trabalho desenvolvido desde 1981 pela Escola de Ballet Janne Ruth, que realizavam ações humanitárias por um grupo de bailarinos, ou seja, a dança e outras tipologias das artes cênicas foram paulatinamente se aliando as questões sociais, e por 09 anos (1985 – 1994) já eram desenvolvidas audições para receber crianças e adolescentes que não podiam pagar a mensalidade na Escola de Ballet Janne Ruth, em 1985 nasce o Grupo de Dança Janne Ruth, transformando-se em Companhia de Dança no ano de 1991.

Ademais ocorreram nesse período ações como: campanhas para arrecadar fundos para cobrir os custos dos alunos bolsistas a fim de participarem dos espetáculos locais, no interior do Ceará e em outros estados brasileiros; Muitas das alunas que tiveram a oportunidade de serem bolsistas após 3 anos de experiência de dança na academia passaram a estagiar na própria academia, bem como em outras escolas de dança de Fortaleza. Vale ressaltar, que muitos dos talentos descobertos pela coreógrafa Janne Ruth hoje são profissionais com destaque não só no Ceará como também no sul, sudeste brasileiro e no exterior.

Um aspecto relevante e característico das montagens do grupo BCAD consistiu na sua opção em criar e apresentar coreografias voltadas para temáticas sociais. Tal decisão significou ter na beleza e harmonia da Dança um veículo de denúncia e reflexão dos problemas sociais e inerentes à condição humana, em particular questões vivenciadas pela população com maior vulnerabilidade sócio-econômica e em situação de risco social.

Essa opção, juntamente com o amadurecimento técnico da Cia. de Dança Janne Ruth, possibilitou que a partir de 1994, os bailarinos da Cia. de Dança, passassem a participar de festivais e mostras de dança fora do Estado, com espetáculos montados na perspectiva de refletir e fazer o social, o que vem ocorrendo até hoje.

Neste mesmo ano (1994) surge o então Projeto BCAD que nasce oficialmente com a promoção de sua primeira Campanha de Arrecadação de Alimentos, Livros e Roupas, num período de apresentação da Cia. de Dança Janne Ruth no Theatro José de Alencar, objetivando ajudar as famílias mais pobres dos alunos atendidos pela Escola, que totalizavam na época 100 bolsistas. Com o surpreendente resultado da Campanha – 2 toneladas de alimentos e 640 peças de roupas – foi vislumbrada a possibilidade de estender as doações para inúmeras instituições e comunidades carentes de Fortaleza.

Nasce de fato um projeto social. Mas muitos outros espetáculos de dança e teatro foram sendo promovido ao longo desses 17 anos de trabalho, visando não só a obtenção de doações para as comunidades carentes assistidas pelo Projeto e por outras instituições sociais, mas principalmente, a participação das crianças, adolescentes e jovens resgatando a sua auto-estima. Outro aspecto de fundamental importância passou a ser o envolvimento dos alunos nas pesquisas e laboratórios de cada montagem de Espetáculos, trazendo, assim, motivação, curiosidade e estímulo para aquisição de conhecimentos.

O ano de 1997 marca um novo momento do Projeto, visto que este passou a trabalhar com maior efetividade social. Além das aulas ministradas dentro da Escola de Dança, das doações e campanhas realizadas, o grupo de bailarinos passou a oferecer aulas de balé e Teatro dentro das comunidades que recebiam as doações.

As aulas ministradas culminavam na realização de espetáculos com os alunos dentro das próprias comunidades. Também, foi iniciado um processo de aperfeiçoamento da equipe envolvida, passando seus membros a se qualificarem na área do protagonismo juvenil e de atenção à criança. Nesse contexto, tornou-se um passo necessário vir a institucionalizar o trabalho já desenvolvido desde 1985, sendo fundada Juridicamente a instituição “Grupo Bailarinos de Cristo Amor e Doações – BCAD” em maio de 1998, Tratando-se de uma instituição sem fins lucrativos e de direito privado, que já contava com a experiência do Projeto existente.

A institucionalização do Projeto em entidade representou a adoção de um modelo diferenciado de intervenção social, cujas ações ocorreriam de forma descentralizada, visto que o projeto tinha criado vínculos com várias comunidades e estas não eram geograficamente próximas. O modelo teve como características ainda, a busca pelo envolvimento das famílias nas atividades implementadas no âmbito das ações do BCAD, numa perspectiva de visão integral da criança, do adolescente e do jovem; trabalhar com as comunidades do “em torno” dos espaços de atendimento, objetivando a efetividade do projeto, mediante a realização de atividades específicas para as mesmas (atuação comunitária).

Durante esse período o BCAD realizou vários laboratórios e experiências piloto de desenvolvimento comunitário e, principalmente, de trabalhos de reinserção e integração social de crianças, adolescentes e jovens em situação de risco social e/ou com vulnerabilidade sócio-econômica.

Assim, o Grupo passou a trabalhar com quatro elementos fundamentais na formação do homem e da sociedade: “arte – cultura – esporte e educação”. Não bastava que a criança ou o adolescente simplesmente soubesse dançar ou realizar quaisquer outras tipologias de arte, era preciso também reconhecer sua realidade e, acima de tudo, saber aprender como transformar esta realidade pessoal. (Há 07 anos o Grupo BCAD passou também a trabalhar com o esporte, atendendo meninos das comunidades do entorto do BCAD com aulas de Karatê, bem como as demais atividades ofertadas pelo Projeto).

São outros aspectos relevantes (1994 a 2011): A realização em 17 anos de mais de 900 apresentações de balés, no Ceará no Brasil e no Exterior abordando temáticas sociais, em 25 Espetáculos montados; a distribuição de cerca de 550 mil quilos de alimentos; A realização de 118 campanhas para arrecadar roupas, alimentos, remédios e livros; 178 prêmios obtidos pelo Núcleo de Dança BCAD, através dos bailarinos da Cia. de Dança Janne Ruth, do Corpo de Baile do BCAD, bem como o trabalho relevante da Instituição,; geração de 240 empregos diretos, de 2002 a 2010 cerca de 420 encaminhamentos para obtenção de documentos civis para inúmeras pessoas das comunidades e realização de 68 cursos profissionalizantes.

O Grupo BCAD desenvolve as seguintes atividades; Dança (Ballet Clássico e Contemporâneo como formação acadêmica), Dança de Rua, Acrobacia, Teatro, Inclusão Digital, Artes, Oficinas de Cidadania, Apoio Pedagógico (Reforço Escolar com incentivo a leitura e a escrita), Cursos profissionalizantes, música (Flauta e Violão), Audiovisual, Pesquisas de Campo, Coreográficos e de movimento; Esportivos, natação e karatê no Estilo Shotocan da Faixa branca a Faixa Preta, vale mencionar que no ano de 2008 o Grupo BCAD criou um campeonato próprio, chamado COPA BCAD DE KARATÊ ESPORTIVO E EDUCACIONAL DO CEARÀ e já realizou três edições do campeonato mobilizando pelo menos 500 atletas por campeonato de 40 associações de Karatê do Ceará (O GRUPO BCAD É A ÚNICA ONG DO NORDESTE QUE REALIZA UM CAMPEONATO PRÓPRIO).

Requisitos adotados para participação no Projeto; A comprovação da situação de risco e/ou baixa renda familiar, a regularidade de matrícula em escola pública e freqüência escolar, estar na faixa etária entre 6 e 17 anos e 11 meses e 16 a 29 anos e 11 meses, bem como o comprometimento de assistir às aulas complementares (idiomas, computação, reforço escolar, natação, palestras, etc.). Merece atenção especial, ainda, a clientela formada por adultos e pessoas da terceira idade, para os quais o BCAD possibilita o acesso à alfabetização, além de atividades lúdicas e de lazer.

Outro Projeto importante desenvolvido pelo Grupo BCAD, criado em Julho de 2005 é o ACÃO E CIDADANIA, o mesmo possibilita nossas adolescentes a partir de 16 anos, se capacitarem e estagiarem no próprio Projeto, como Professoras de Dança e Teatro, Recepcionistas, auxiliares administrativas, Auxiliares de Reforço Escolar e Computação, bem como outras atividades futuras também no Projeto, em Empresas Públicas e Privadas e cursos de capacitação.

Os últimos nove anos (2001 a 2010) foram marcados por incansáveis campanhas e outras ações voltadas para a construção da Nova Sede. Em março de 2002, ocorreu a primeira grande vitória, foi firmado convênio junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, através do Programa de Apoio às Reformas Sociais que Beneficiam a Criança e o Adolescente – PROARES e da interveniência da Secretaria de Ação Social do Estado do Ceará – SAS, para a construção da sede permanente da instituição. Contudo, o recurso oriundo do BID destinava-se exclusivamente a despesas e custos inerentes a construção, não podendo de forma alguma ser utilizado para outro fim, tendo criteriosa supervisão do Banco.

Dessa forma, era necessário que o Grupo BCAD comprovasse ter em seu nome um terreno para a edificação da sede, surge assim mais um desafio: adquirir um terreno. Diante dessa realidade o Grupo BCAD promoveu em 2003 a Campanha Seja Você o Tijolo que falta no BCAD junto a pessoas físicas e jurídicas para arrecadar o valor necessário à aquisição de terreno e assim conseguimos mais essa vitória e construímos de Novembro de 2003 a Fevereiro de 2004 a nova Sede do BCAD com 940m² de área edificada, com área de lazer e piscina e com todas as condições de funcionamento atendendo ao ano 450 crianças, adolescentes, jovens e adultos.

O BCAD trabalha na construção de uma nova realidade, para que crianças, adolescentes e jovens não porem de sonhar com uma vida mais digna, contudo, muito ainda pode ser feito. O BCAD tem como desafio constante a sustentabilidade de sua nova estrutura, visto possibilitar que sua missão de “promoção de reinserção e integração social de crianças e adolescentes, em situação de risco social e/ou vulnerabilidade sócio-econômica, nas áreas pobres de Fortaleza se concretize com maior efetividade, alcançando uma qualidade diferenciada em todas as suas atividades implementadas, bem como lutamos incessantemente por parceiros que possibilitem as montagens, temporadas e tournées dos nossos grandes espetáculos, que envolvem 390 meninas das 450 pessoas atendidas do Núcleo de Dança e Teatro BCAD, entre elas 14 da Cia. de Dança (Profissionais), 40 do Corpo de Baile (Amadores e Semi profissionais, os demais são alunos do núcleo de Dança, ressaltamos que já realizamos 45 tournées, 41 nacionais e 04 internacionais.